"A Verdade não precisa de defesa; por si mesma ela se defende. A Verdade precisa ser proclamada!"

12 março 2011

LUTERO E O AUTOR DO PECADO






Por Martinho Lutero
Logo, aquilo que chamamos de remanescente da natureza no ímpio e em Satanás não está menos sujeito, como criatura e obra de Deus, à onipotência e à ação divina do que todas as outras criaturas e obras de Deus. Assim, visto que Deus a tudo move e atua em tudo, também move necessariamente a Satanás e o ímpio e neles atua…
Aqui vês que quando Deus opera nos maus e por meio dos maus certamente o mal acontece, e contudo... 

8 comentários:

Helvecio.p disse...

Como negar a importância ( não própria mas providencial ) do grande Martinho Lutero para que hoje tivéssemos a boa nova da salvação pela graça restaurada, mas suas afirmações bem registradas, de seu pensamento e de sua luta pela melhor compreensão das coisas ( como de outros até hoje ) não se equivale ao que a Bíblia diz. A parábola de Lutero não se equivale as parábolas de Jesus, por exemplo. As deles e as nossas são lucrubações mais próximas ou não da verdade. Se estivesse certo na sua comparação Deus seria mau e não bom por uma séria de implicações igualmente lógicas. É um dilema? sim trata-se de um dilema a questão da existência do mal, mas não é essa a resposta ainda que sob a justificativa de honrar a Deus. A resposta é outra segundo as Escrituras.

Um abraço ao irmão mais uma vez.

Mizael Andrade Reis disse...

Jorge,

De qual obra você extraiu esse texto?

Graça e Paz
Mizael Reis

Jorge Fernandes Isa disse...

Helvécio,

olha os seus pressupostos gritando de novo [rsrs].

Obrigado pelo comentário, ainda que não concorde com ele completamente, mas como você não quis detalhá-lo [e acho que assim é melhor, já que eu o conheço bem e você me conhece também muito bem, e ficaríamos nos repetindo por aqui]; o legal mesmo é ter lido o texto de Lutero.

Grande abraço, meu irmão!

Cristo o abençoe!

Jorge Fernandes Isa disse...

Mizael,

o meu amigo mais sumido! Bom saber que ainda lê os velhos amigos...

Este texto foi extraído do site Monergismo.com

Tanto que o "Continue lendo" o reportará ao texto original publicado pelo Felipe Sabino.
A fonte está lá: "(Lutero, Obras Selecionadas, Volume 4, p. 128)

Vou incluir esse volume na minha lista urgentemente. Ele é publicado pela Ed. Sinodal.

Grande abraço, meu irmão!

Cristo o abençoe!

Mizael Andrade Reis disse...

Que legal!!

Essa obra é imensa.

Estou voltando aos poucos graças à Deus.

Graça e Paz amado
MIzael Reis
P.S: Nunca deixei de lê-lo, rsrs.

Jorge Fernandes Isah disse...

Mizael,

É, o homem não só escrevia muito como escrevia bem e inspiradamente. Esse volume 4 está na minha lista urgente, mas o preço... só encontrei na Sinodal + frete, passa dos R$ 100,00.

Vou "fuçar" por aí e ver se encontro mais barato.

Bom ver que está voltando aos poucos, você já publicou texto novo no "Somente pela Escritura". Muito legal. Lerei e comentarei.

Abraços.

Anônimo disse...

Voce ja comprou essa obra do Lutero, irmão Jorge??

Jorge Fernandes Isah disse...

Anônimo,

comprei, sim! Tenho os 06 primeiros volumes dos escritos de Lutero, publicados pela Sinodal.

O homem escrevia muito e bem e biblicamente. Vale a pena ter e esforçar-se em lê-la. É grande [em média, 500 pg por volume], investimento caro, mas é algo riquíssimo. Eu mesmo, não a li de cabo a rabo, mas esparsamente, e, se Deus quiser, o farei de maneira sistemática, assim como estou lendo Calvino, em suas Institutas.

Ainda que não tenha se identificado, um grande abraço!